sexta-feira, 28 de outubro de 2011

Luto

Weheartit.com

Finais felizes não existem. Até porque se acabou, é porque já não havia mais felicidade ali no meio. Ou até havia, mas a raiva, mágoa, as brigas eram coisas bem maiores. Então não tem como um final ter sido feliz – finais são doloridos, machucam, corroem. Acabar uma história é como lidar com um luto: ali morre o amor e todas as outras coisas que vieram com ele. E dói, dói bastante, uma das maiores dores do mundo. Quem já enterrou um sentimento sabe bem como é.
E vivemos com o luto, sabendo que a outra pessoa está viva. Se ela enfrenta isso também? Não queremos saber. Mas queremos que seja dolorido pra ela assim como dói pra gente, é bem verdade. Esse papinho de quero que você seja feliz? Coisa mais irônica do mundo.
Mas passa, passa. Assim como ele morre, assim como enterramos o sentimento lá no fundo e vamos vivendo cheio de sorrisos no rosto para disfarçar, ele volta. Ah o amor é uma Fênix, renasce das cinzas. Com força, belo, fugaz. Nem sempre para os mesmos espectadores – afinal a vida segue. E o que nos empurra pra frente em meio a esses finais todos, é a certeza que mais além, quando estivemos prontos, vai haver um recomeço – independente da onde, com quem  e quando ele aconteça.


"Tudo isso dói. Mas eu sei que passa, que se está sendo assim é porque deve ser assim, e virá outro ciclo, depois." Caio F. Abreu

7 comentários:

Laís Pâmela disse...

Oi,
Li seus textos, mas não comentei porque estava sem muito tempo, passei aqui super rápido. Mas hoje, voltei e me deparei com um texto completamente lindo. É verdade, essa coisa de "final feliz" é uma piada pra mim, malmente viveram, quiçá foram felizes.
De fato Cris, o que nos move pra frente é a certeza de que haverá um recomeço.
Adorei,
Bjs.

Luiza Fernandes disse...

Também não acredito nessa coisa de final feliz, é sempre muito doloroso o final, mas o jeito é seguir em frente e tentar acreditar no "felizes para sempre"!

Beijos!

Thamires Figueiredo disse...

Pura verdade! Adorei o texto.

Beijos linda :*

Luna Sanchez disse...

Eu digitei um comentário sobre o teu post (que está ótimo, gostei imenso) e achei melhor não enviá-lo e sim transformar em post.

Quando eu fizer, coloco o link do teu e digo que veio dele a minha inspiração.

Definitivamente finais não são felizes.

Um beijo, flor.

Camila Sanches e Amanda Sanches disse...

concordo, finais felizes não existem mesmo, não tem como um FINAL ser feliz na minha opinião.

http://oamorhadevencer.blogspot.com/

Leontyna Santos disse...

E o amor se vai e depois volta, sempre volta. Diferente, intenso, cada vez mais forte, mas volta e trás a felicidade mais uma vez...

Muuuito bom *-*
Beijos*:

Evelyn Dias disse...

É verdade. Disse tudo ai. Beijo!