domingo, 28 de fevereiro de 2010

Outrora.


imagem:http://weheartit.com


Se tem que durar, não sei. Que dure pra sempre por hoje, outrora quem sabe, outra hora talvez, não sei.
Já pensei demais no futuro, e deixei de aproveitar o hoje, e agora só o que lembro é de um passado desajeitado, por sentimentos tortos que não soubemos aproveitar.
Um dia você se foi, eu me fui. Hoje alguém apareceu, e não, não quero deixar ir devido ao medo do que pode acontecer.
Não precisa durar.
Mas que fique assim, só entre nós, num sussurro.
Que o eterno fique assim, no arrepio que eu sinto quando você fala suave, baixinho, no pé do ouvido.
Ou quando você sorri e me olha.
Ou quando você me abraça e o mundo para.
Amanhã? Quem sabe. Só sei que hoje estou sendo feliz.
Outra hora, talvez, não sei.

11 comentários:

Luís disse...

Estar apaixonado é uma das melhores coisas desse mundo. Pena que sempre altera um detalhe ou outro. E, às vezes, as coisas deixam de serem vistas por esse ponto de vista.

Lindo texto.

thynnaaa disse...

Viver cada instante, pois é único. E se for com quem a gente ama, é perfeito!!

:*

clepsidra disse...

Muito inspirador! :)

Keel Diniz disse...

Cada segundo é perfeito quando estamos com nosso amor..

:*

lô colares. disse...

todas nós queremos!

Bertonie disse...

que bonito, crispi :)
lembra o soneto da fidelidade, do vinicius de moraes.
"de tudo ao meu amor serei atento/.../que seja eterno enquanto dure" -q
acho que o importante é extrair de bom de qualquer relacionamento e

C. Lisdália disse...

O agora acima de todas as outras coisas! Do amanhã entao, mais ainda!

;***

Paula disse...

Eu nunca tinha pensado por esse ângulo, e talvez por isso senti saudades de certos momentos, de certas noites. Agora sei que foram Pra Sempre, aquele momento!
Beijo Flor

Babih Xavier disse...

Que o tempo que se passe junto seja pouco diante das lembranças que tenham um do outro ^^

disse...

A gente nao pode ficar pensando em depois. É sempre o agora que é importante. Acho que a felicidade é feita de lembranças. Então, vamos fazê-las doces. E eternamente arrepiantes, aconchegantes, apaixonantes...

Luh* disse...

Que dure tempo necessário para ser inesquecível!
beijos