quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

Ás Vezes


imagem: http://gettyimages.com.br

É que ás vezes eu erro,
Ou sinto prazer nas coisas bregas.
É que ás vezes eu minto,
Ou faço coisas que parecem piegas.
Ás vezes eu choro, eu fujo, eu imploro.
Ás vezes eu quero, apronto, confronto.
Ás vezes eu morria, só pra viver de novo.
Desculpe-me não ser perfeita, chata, exata.
Ou por ser implicante, ignorante, teimosa.
É que eu sempre sou
Humana, apenas.
(e sem-querer-querendo, eu me engano

Ás vezes.)

7 comentários:

Marcelo Mayer disse...

exatamente isso que gosto de ler. sinceridade. ser-humano se tornando ser-humando. viver sem fantasia! muito bom!

Hiorrana disse...

Sem querer querendo eu erro sempre.

Lindo texto.

Gabi Petrucci disse...

Que lindo!
Um pouco de todos nós! :)

Izadora Pimenta disse...

Muito legal. Adoro a forma como você passa as suas ideias de um jeito simples e cativante :)

Erica Vittorazzi disse...

E quem nunca se enganou???

naty c.m disse...

Depois diz que nao sabe fazer poema..
Ficou ótimo! Conseguiu retratar sua própria confusão... Adorei! :*

railer disse...

às vezes essas coisas acontecem mesmo.