sexta-feira, 30 de outubro de 2009

Ah, Florianópolis.

imagem: acervo pessoal.

Era uma tarde de domingo, e ela encontrava ali o seu refúgio
.Adorava sentar no banco em frente ao mar, sentindo o sol aquecer sua pele ao mesmo tempo em que o vento frio, típico do inverno soprava silenciosamente.
Ali, no banco em frente a beira-mar, tinha os melhores devaneios. Não se importava com o barulho dos carros indo e vindo freneticamente, ou das pessoas apressadas que passavam por ela, na verdade até amava esse ritmo louco da cidade.
Da cidade que não para, das avenidas que não descansam, das baladas lotadas, dos bares populares.
Da mesma cidade que era calma, tinha a brisa suave com gosto de maresia, os pescadores simples, as crianças brincando no gramado, as mais belas e selvagens praias.

Ela, ás vezes se sentia como Florianópolis.
Agitada, moderna, mas ao mesmo tempo simples e acolhedora.

Ah, Floripa.. Uma cidade com essência.
Não era natural dali, mas se encantou desde o primeiro dia.
E agora, fazia dessa cidade, seu refúgio, sua casa.



obs. Desculpe-me, não estou inspirada, estou com sono e sem café. Prometo que no fim de semana crio algo melhorzinho =)

9 comentários:

Marcelo Mayer disse...

é justamente por isso que vc é uma pergunta. seus textos são belos e ao mesmo tempo caóticos, como a cidade. que nos deixam cada dia com mais perguntas

belo!

Desmanche de Celebridades disse...

Não está inspirada? Ta sim! Ficou legal. As vezes fazemos textos onde misturamos a dinamica das cidades com nossas inquietações. Dai elas vão se misturando e entrando uma dentro da outra. Isso é muito legal.

Gabi Petrucci disse...

Gostei muito!
Quero taaaaaanto conhecer Floripa! :~

Ágatha Alves disse...

Nossa eu tenho vontade de conhecer floripa la deve ser tão gostosinho...
Ah eficou bom sim o texto ta?

beijos

Emilia disse...

sentar em frente ao mar
e pensar, com uma brisa fresca soprando no meu rosto, tudo que eu queria e água gelada é claro.
otimo texto.
beijos

http://www.criandocenarios.blogspot.com/

Emilia disse...

sentar em frente ao mar
e pensar, com uma brisa fresca soprando no meu rosto, tudo que eu queria e água gelada é claro.
otimo texto.
beijos

http://www.criandocenarios.blogspot.com/

Babado de menina, disse...

Miniiiiii!!! rsrs
Vergonha de quê menina?
Você viu os comentarios? todo mundo adorou a nossa fofoquinha!! hahaha
e eu também gostei muito!!
beijão Crispi! ;***

J. Bertonie disse...

Florianópolis é uma cidade LINDA. Todo o encantador aroma do sul, misturado com as relíquias da herança europeia, muito linda (:

railer disse...

faz dez anos que fui a floripa. quero voltar.