segunda-feira, 22 de outubro de 2007

Tempo, tempo.




O tempo passa, é verdade. As pessoas envelhecem. Assim como os rostos mudam-se os gostos. Permanecem rugas e lembranças.
Não temos controle sobre o tempo. Sem perceber, deixamos nossa boneca preferida esquecida no baú. Sem perceber, passamos a achar ridículo usar maria-chiquinha no cabelo e pampili no pé. Queremos um nike do momento, um corte moderno no cabelo. Depois, um corte discreto, e um sapato social.
As tardes já não duram tanto como antigamente. Não é mais possível brincar, dormir, assistir tv e tomar lanchinho, tudo isso entre o meio-dia e seis da tarde. As tardes, aliás,  vão sendo ocupadas por trabalho, por estudos. Responsabilidades. Quando temos oportunidade de passar a tarde em casa, veja só, passa tão rápido!
Passamos nossa infância querendo ser adultos, vestindo a gravata do pai, usando a maquiagem da mãe. Mas quando chega a hora de tudo, simplesmente temos vontade de passar a tarde brincando de bonecas ou jogando bola, sem pensar no relatório de amanhã, sem pensar nas contas que estão para vencer.
O pior mesmo é quando as pessoas esquecem do tempo que passou. Tem gente que é tão adulta que eu acho que já nasceu assim. Gente que simplesmente se esqueceu de ser criança, perdeu toda a magia. Gente velha aos seus vinte anos. Porque existem sim pessoas que são velhas com vinte anos, conheço aos montes.
O tempo passa, nos deixa rugas, não percebemos. Mas o tempo não pode tirar nossa capacidade de viver, se permitimos. A nossa capacidade de sonhar, tal como uma criança, pode resistir ao tempo, pode resistir as rugas.
É isso que faz a diferença entre o velho com rugas e sonhos, e o velho jovem amargo e vazio.

9 comentários:

maria renata contou sua idade nos dedos e disse...

é verdade! é importante deixar a criança viva dentro de vc sempre... senão perde a graça, né ;)
beijos

Arthur Araújo disse...

Eu sempre acreditei que juventude é um estado de espírito, não uma fase da vida.

Assim... podemos ser eternamentes jovens.

É isso! bjsssss

Iaiá disse...

Eu sou uma idosa de 19 anos.

Hélder, o míope disse...

não sei se eu vivo as coisas no seu devido tempo.

mais talvez eu aprenda um dia.

Amanda_Bia disse...

infelizmente as vezes ou meio velha assim! sou uma velha cansada e rabugenta, hehehe! mas já fui pior! to tentando melhorar!
beijos!

Erika disse...

"É isso que faz a diferença entre o velho com rugas e sonhos, e o velho jovem amargo e vazio."

exatamente...
falou tuuudo

Beijos

Fada disse...

Oi,

Gostei muito dos seus textos, e gostaria de trocar links com vc?!!

Estou em fase de mudança no meu blog e gostaria de criar uma rede maior de parceiros.

Topas?!!!!

beijos

www.fadamutante.blogspot.com

Garota Enxaqueca disse...

Gente chaaataaaaa aquelas que crescem...

Saudades, guapa... Vida frenética não tem me permetido chegar mais perto... =/

Jô Beckman disse...

E viva o tempo, as rugas e tudo mais que ele traz consigo....
beijos