sexta-feira, 4 de fevereiro de 2011

Tão sua.

foto: weheartit.com

Era uma tarde de verão qualquer, e você estava deitado no chão da sala, tentando inutilmente se refrescar no piso gelado. Deitado no chão da minha sala. Tão meu - eu pensava enquanto você estava deitado reclamando do calor e de algo na tv - tão meu que dava medo de te perder nesse mundo tão grande.
Você parou de falar e segurou na minha perna. Não forte, mas já senti seu calor, e a pressão da sua mão sobre a minha pele, e me lembrei de tantas vezes que senti a sua pele sobre a minha, a pressão do seu corpo sobre o meu - me enchi de uma felicidade que não cabia dentro de mim. Era amor, sempre soube. Mas pra que rotular as coisas? Então não sei o que era, só sei que era. Era você, tão único, tão meu, no chão da minha sala, com a mão sobre a minha perna.
Ta fazendo o que? - você perguntou, tão preguiçoso.
Nada.- disse eu. Mentira, estava pensando em você, em nós. Mas não disse. Por que a gente nunca diz?
Deita aqui - e então me puxou, delicadamente.
Deitei no chão da sala que era minha, ao lado dele, que era meu, tão meu.
Me beijou, o calor, o piso frio, eu tão sua.
Tão protegida nesse meu mundo. Quanto tempo dura? Quanto tempo vale?
Quem se importa?
Porque naquele momento, ali e para sempre, ali por um segundo, éramos tão nós em nossa plenitude. E parecia caber o mundo naquela sala, naquela tarde de verão.

9 comentários:

Fran, disse...

Que lindo.

Se eu tivesse escrito isso não seria tão eu e meu namorado :$

ushauhsuahs

nina . disse...

Ahh, muito lindo MESMO! Parabéns, flor. Beijos.

Bruna F. T. disse...

Ficou lindo Cris *-*
Queria ser tão dele, ou de alguém que valesse a pena.

Luiz Ricardo disse...

sim que quando tem amor, tudo cabe onde tem que caber. que lindo esse, cris. plenitude é uma das melhores sensações do mundo - cabendo ele numa sala ou nao

Bell Ferreira disse...

Tem selo pra você no Petit Poá!

Bell Ferreira disse...

Tão verdadeiro! *-* Ás vezes tenho vontade de congelar um momento, de ficar ali pelo tempo que eu quisesse... seria muito bom! *-*

Au disse...

Simples e bonito. Como o amor deveria ser...
Esses momentos, que muitas vezes passam despercebidos, são os que vamos sentir mais saudade.


Beijo!

Bruna F. T. disse...

Tem selo pra você no Freescura.

Anônimo disse...

lindo!!!!