quarta-feira, 4 de agosto de 2010

Juventude Transviada

Imagem: Google


Bom seria se estivesse falando de James Dean. James quem?
Pois é. Pergunte a essa juventude transviada de hoje sobre James Dean. Elvis, Cazuza, Elis Regina, até mesmo Chico Buarque ou Los Hermanos. Los Hermanos? Ah, essa é fácil. Aquele do Ana Júlia. NÃÃÃÃO!
Pegue sua calça colorida, coloque um tênis com a maior quantidade de cores que conseguir juntar nele e se junte a família da primeira banda de pessoas bonitinhas que você encontrar. Xingue muito no twitter, ache tudo uma ‘puta falta de sacanagem’.
Ah, que saudades do tempo (do tempo que não vivi) em que as pessoas saiam para tomar um Milk shake, ouvir uma boa música, se divertir com os amigos. Da época que se tirava foto para recordar algo bom, e não para se promover no Orkut, facebook, myspace, [insira a rede social da moda aqui].
Saudades da época que as pessoas gostavam das bandas pelo som que ela produziam, não pelas calças que vestiam.
Tudo bem, já fui adolescente também. Fui fã, muito fã de backstreet boys – é. Mas, em contra-partida ouvia muito Beatles também. Ouvia Bee gees, jovem guarda até. Por culpa do meu pai – agradeço por isso – sempre ouvi músicas antigas, e boas.
Sempre li muito, e quando eu falo ler não me refiro somente a leituras do tipo vampiros que brilham – muito embora tenha lido também. Falo de Clarice, Caio, Drummond, Shakespeare. Também Meg Cabot, JK. Rowlling, por que não?
Como, e como gostaria que os jovens de hoje em dia tivessem mais essência, personalidade. Óbvio, estou generalizando aqui a minha revolta. Sei que muitos se salvam, e fico feliz toda vez que eu visito um blog e leio textos incríveis, fico muito contente quando olho as fotos das pessoas no flickr ou quando vou em uma livraria e vejo lá adolescentes lendo, discutindo, buscando conhecimento.
E também tenho meus momentos de futilidade, gosto de calças coloridas e ouço algumas dessas bandas bonitinhas-desafinadas também. Mas isso, é minha exceção, meu acaso, não minha regra.

Precisava desabafar, após ouvir as futilidades de um grupo de adolescentes hoje. Espero que ninguém se ofenda. Obrigada :)

Obs. Estive sumida por um tempo, estava mergulhada no meu novo vício, o flickr. Adoraria visitas.
Obs 2. Logo respondo os comentários.

13 comentários:

gabriela marques. disse...

UHAUAHAUUAHUHAU
Não os culpe, eles não sabem o que é canção. Acham que é apenas dizer UoUô.

Islla Lopes disse...

Falou tudo! embora eu tenha apenas 14 anos e não sendo a melhor pessoa a comentar isso,concordo plenamente contigo.
Tento salvar minha irmã desse novo mundo em que ela vive, eu ouço as músias,mas me negaria colocar uma calça colorida.
Não saio por aí beijando meninas só por "modinha"
Beijos.

Gabriela Petrucci disse...

Olha, essa história toda aí me deprime. E não é pouco.
Caço brigas até...
Até ano passado, eu era a velha do colégio, sim, me tratavam assim só porque eu não dependo de modinhas pra viver...
Sou frequentadora assídua de livrarias, amo descobrir coisas novas nas prateleiras e encontrar discos antigos a preço de banana (Americanas, oi?).
Enfim, beijos, Crispi.

Visitar-te-ei no flickr.

pablo disse...

Sem dúvida fazem falta aquelas boas bandas _e compositores_ de outras épocas! algumas ainda sobrevivem como os paralamas ou barao (que nao é a mesma coisa), o problema é que cualquer coisa da moda se consume, como dissem os engenheiros "todo mundo ta comprando os mais vendidos".
Como voçe mesmo disse, eu tambem sinto saudades de um tempo que nao vivi!
baijo desde o Uruguay!

Lari disse...

Sabe o que me deixa chateada? É que você e eu não somos as únicas a desejar mais conteúdo para os novos jovens. Somos uma turma bem grande com o mesmo pensamento, mas parece que a gente não consegue se fazer ouvir. Não consegue trazer conteúdo e bom gosto de volta =/

Iasmin disse...

Concordo plenamente! Muito bom e interessante o teu blog! =D

Biiiii *-* disse...

Bom de fato é assim msmo, nao te conheço pessoalmente nem seii sobre você, mais pelo que li no seu blog você tem mtas coisas parecidas comigo. é muito bom saber que ainda existe gente que pense dessa forma. Bjos

Ninaaa . disse...

Adolescentes em sua maioria são fúteis. Beijos.

Bruna F. T. disse...

Ain, estava com saudades das suas postagens *--*
E particularmente amei o post. Me identifiquei na parte que você falou que seu pai lhe incentivava a ouvir músicas antigas, porque meu pai também me incentivou muito nesse sentido, foi através dele que conheci: A ha, Cyndi Lauper, Pet shop boys, Technotronic, Desireless (nossa, Voyage voyage é linda *-*), e muitos outros maravilhosos.
Adorei õ/
;*

Bertonie disse...

Verdade, viu?
Acho que todos nós devemos nos dar ao luxo de ter nossos momentos de futilidade, ler livros da moda, música desafinada porém alegre, etc. Mas sem esquecer que há todo um universo a ser descoberto - por que as pessoas se contentam com piscina quando podem ter mar?

beijo

Bruna F. T. disse...

Tem selo pra você lá no Freescura ;*

Jade Amorim disse...

Ahhh, é tenso essa modinha colorida! aoksaoskaoskaoska
Adorei o post, saudades daqui!

Beeijos!

Bell Ferreira disse...

Concordo com você e entendo essa frustração...

Flor, dá uma passadinha no meu blog, tem selo para você, lá! :D
Beijos.