quinta-feira, 19 de março de 2009

Fim.



Foi no nosso abraço gelado que o mundo parou. Não do jeito de antes. De repente erámos apenas dois estranhos, apenas tentando entender. Onde foi que erramos?Não posso colocar a culpa em ti. Não posso colocar a culpa em mim. Fomos nós dois juntos, que na ânsia de nos achar, acabamos nos perdendo de vez. Nesse momento, não falamos nada. Não adianta tentarmos explicar, não adianta tentarmos nos justificar. A um vazio bem no meio de nós, uma barreira que com o tempo nós criamos. Eu olho pra ti por alguns segundos, aí é fatal: então nos damos conta. Acabou.A gente chora, uma lágrima quente no abraço gelado.Então, com um silêncio ardido, nos despedimos. Você faz menção de falar algo, mas desiste. É melhor.E assim eu vou, tentar ser somente eu. Sem olhar pra trás.

4 comentários:

Anaa Bia ;) disse...

Você voltou ! Fiquei tão feliz !

Aah Cris, não fique triste. Ou melhor, fique, mas não pra sempre ! Se te consola, também tô mal :/ Saudadees de você !

beeijo, te amo ;*

Bruno disse...

Poxa. Pena.

Espero que logo encontre um abraço quente de novo.

Gracy disse...

ando com medo de sentir esses abraços e ter que dar adeus



adorei seu blog

Nasca disse...

'o natural é isso as pessoas se encontrarem e depois se desencontrarem'

e não há vergonha nenhuma nisto.
seguir quase sempre é o caminho

fique bem :*