domingo, 6 de setembro de 2009

Cinza

Imagem:http://gettyimages.com.br


O dia era frio, cinzento. Eu estava escondida debaixo dos cachecóis e casacos tão nublados como o dia que eu observava da janela daquele bistrô vazio. Tomava meu café (mais café que leite, sem açúcar) totalmente alheia a tudo. Eu queria estar alheia.
Precisava estar alheia. Alheia pra esquecer. Eu não queria sol, não queria calor, não queria o colorido de nada. Eu quase me camuflava com tom acinzentado do ambiente, eu era só parte do cenário triste de um dia triste. Mas nem sempre fui assim, eu preferia o sol a tempestade, o calor ao frio. Mas nem um dia de sol brilha eternamente, e o meu sol se apagou. Fugiu com a lua, me deixou a ver estrelas. Me deixou a tomar o café amargo em um lugar empoeirado, só pra que eu não fosse notada. Eu estava lá bebericando meu café com lentidão como se isso fosse um mártir. E você não estava. Num susto, bebi meu café num gole só, e quando não queimei a língua, percebi que estava frio, e amargo. Olhei pra mim e vi que eu estava igual. Então, sai, na chuva, no frio, sai cinza na escuridão, mas algo dentro de mim estava diferente, e um sorriso confuso se plantou em meu rosto, afinal nenhuma tempestade dura pra sempre. Quanto ao meu sol? Agora eu estava atenta: não me queimaria de novo, usaria protetor solar, do ultimo fator. Ou, arranjaria alguém que a lua abandonou, pra se unir a mim a ver estrelas.

21 comentários:

Babih Xavier disse...

Texto lindo...
baseado em fatos reais?
amei *-*

Vivi Tufαni disse...

Adorei o texto !
De vez em quando dá vontade mesmo de ficar alheia a tudo !
E quando o nosso sol resolve ir embora, o jeito é esperar..ele sempre volta trazendo um sorriso ao nosso rosto !
beeijos ;*

Cris disse...

liiindo o texto flor, amei :) maaano seu blog é mto fofo , sempre vou visitaaar :)
e meeo, eu adoro essa frase da clarice lispector que vc deixa aqui, ta no meu blog tb :) flickr,fotolog orkut... sahuasahsuasuahsuhas tudo :)
um beeijo lindaa,
fica com Deus ;*

Fran disse...

Muito lindo o texto.
Nõa gosto de dias 'cinzas' :)

Beeijão!

.Txia. disse...

lindo o texto!
aliás, adoro seus posts,li todos até o que ja estava na ultima vez que vim aqui.


beijos e parabens pelos 20 anos :D

railer disse...

quando li 'algo dentro de mim estava diferente' eu pensei: tá grávida... hehehe

Luana Mendes disse...

Lindoo o texto!
Não há coisa pior do que viver cinza, eu que o diga.
Que encntre sua companhia para ver estrelas ;)

;**

Juju disse...

Que texto mais lindo. Pude sentir a sinceridade de tuas palavras!

Parabéns por escrever assim, viu?!

Beijujubas

@italojunior disse...

Quase chorei. As vézes (quase sempre) me sinto assim, cinzento, alheio ao colorido da vida ou das flores.

Keel Diniz disse...

Aii que lindoo..^^
Depois dizem que eu escrevo bemm.. imagine vc..^^

bjoo
:*

Ágatha Alves disse...

Nossa flor muito bom o texto.
tem dias que me sinto amarga assim tbm
parece que tudo está cinza, tudo n tem mais cor
Antes eu vivia assim no cinza, aos poucos fui me rrencontrando e hoje sou até melhor
masi tenhos meus dias cinzas

beijos

Moni disse...

acho q tds se sentem assim pelo menos 1 vez na vida!! bjks

Lady Vanilla disse...

Gostei do texto, a imagem foi a ênfase perfeita, achei até que era você na foto... Gosto de ficar alheia de vez em quando, me ajuda a não ser sempre o agente realizador, mas o que aguarda o que tem que ser feito e olha o resultado. Olhar as coisas de fora ensina mais do que ficar participando de tudo o que acontece o tempo todo. Beijão!

Luh* disse...

Que liiiindo Cris!
muito bom!!! tu me surpreende a cada post!

beijos

adenilson disse...

é isos ai tem q encarar mesmo.
proteja-se
arme suas armas e vá fundo
linda textualidade.
o//

feliz dia da nossa senhora da labirintite.
mais conhecida como VAN NUZA
ótimo fds.
e não sou do senado, nem da câmara mas voltamos do recesso....
abraço

Cristiano Contreiras disse...

A Sensibilidade reina por aqui, muito me cativa. abs

jadeamorim.com disse...

Muito lindo seu texto. Geralmente é na tempestade que o sol volta a aparecer, e lembre-se que a chuva trás sempre um arco-íris na bagagem!
super romantico e sensivel seu texto!


Beeijos!

E.Suruba disse...

belo txto!
adoro o frio

Aline Lopes disse...

Texto mais que perfeito.
Às vezes tudo que precisamos e de um tempo só pra nos, esperar que aquela tempestade passe logo e esperar ansiosa por um dia de sol, que ilumine de vez nossa vida e pensamentos.

Beijos

Babado de menina, disse...

"não me queimaria de novo, usaria protetor solar, do ultimo fator." Me identifiquei...
Beijão menina!;***

' káh. milloti ' disse...

Nossa, que texto lindo hn'.
Beijoos, e ótima semana.